(71) 3340 1881 | 3341 1881 | 3378 2696

Monthly Archives: Janeiro 2016

Pedreiro se forma em Direito após pedalar 42 km por dia para estudar

Por | Sem categoria | Sem comentários

Mais de 40 anos e muitos desafios precisaram ser atravessados para que o pedreiro Joaquim Corsino realizasse seu sonho. Aos 63 anos de idade, vestido de beca e com chapéu de formando, ele recebeu, na noite desta quinta-feira (17), em Vitória, o seu diploma de graduação em Direito.

Quero ser delegado de polícia”

Joaquim Corsino, ex-pedreiro

Para realiza o sonho, o pedreiro Joaquim Corsino dos Santos pedalava, diariamente, entre Cariacica, onde mora, até Vitória, onde fica a faculdade de Direito em que ele estuda. A distância, cerca de 21 quilômetros entre um município e outro, não desanimou o estudante. “Quero ser delegado de polícia” disse

Nascido em Itaumirim, Minas Gerais, Joaquim chegou ao Espírito Santo aos 18 anos. Com mais de 20 concluiu um curso técnico em Administração.

Mas após não ser aprovado no vestibular de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em 1980, precisou deixar os livros para trabalhar. A partir de então, Joaquim começou a atuar como ajudante de   pedreiro e, mais tarde, como pedreiro.

Ainda assim, a vontade de estudar sempre esteve presente. Por isso, a cada parede erguida por Joaquim, parte do dinheiro ganhado era guardado. Além de construir sua casa, em Bandeirantes,Cariacica, o pedreiro juntou ao longo dos anos R$ 55 mil para os estudos.

“Eu sou um camarada que gosta das coisas honestas. Sempre quis fazer um curso de Direito para ajudar outras pessoas”, conta Joaquim, que em 2008 iniciou a graduação em uma faculdade privada. Quatro períodos foram concluídos, mas o pedreiro  teve que adiar o sonho por mais um tempo.

“Um amigo pediu R$ 4.500 emprestados e não pagou. Aí eu tive que parar a faculdade para juntar mais dinheiro para poder pagar o curso todo”, lembrou.

De Bicicleta
Em 2012, Joaquim retornou à graduação e não parou mais. Todos os dias ele fazia o trajeto de sua casa até a faculdade, em Vitória, com sua bicicleta em um percurso de 42 km.

E engana-se quem pensa que com o diploma a saga de superação de Joaquim chega ao fim. Os olhos do bacharel em Direito estão voltados para o futuro. Seu próximo objetivo é ser aprovado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em seguida, pretende se tornar delegado. “Quando eu leio a Constituição no artigo quinto, que fala que todos têm direitos iguais, vejo que tem muita coisa boa nela e eu gostaria de contribuir para isso”.

* Com informações de Maíra Mendonça, do Jornal A Gazeta.

 

“Muitas coisas não ousamos empreender por parecerem difíceis; entretanto, são difíceis porque não ousamos empreendê-las.”
Séneca

 

Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2015/09/pedreiro-realiza-sonho-e-recebe-diploma-de-graduacao-em-direito.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1

 

6 maneiras de lidar com a crise

Por | Sem categoria | Sem comentários

O que significa crise? Crise, por definição, é um momento crítico em que se apresenta uma situação difícil, perigosa, que exige uma decisão para nos proteger dela (e que, em caso de insucesso, pode prejudicar gravemente nossos objetivos). É uma definição complexa, que merece ser melhor explorada:

1. Crise é causada por algo. Logo, ela pode ser prevista

Na imensa maioria das vezes, uma crise pode ser prevista. Um bom empreendedor tem que ser antenado. Tem que ficar ligado no que está acontecendo e perceber o humor das pessoas à sua volta, em especial de seus clientes, para tomar decisões de negócio baseadas nestas percepções.

Um bom empreendedor se alimenta de múltiplas fontes de informação e discute suas impressões com outras pessoas. Um bom empreendedor está aberto para o mundo e aprende todos os dias. Mais que isso, permite que o conhecimento novo mude sua forma de agir no mundo.

2. Crise é uma situação. Logo, ela tem começo, meio e fim

Toda crise tem um ciclo. Tem hora de reduzir, tem hora de investir. Tem hora de enfrentar, tem hora de correr. Quase sempre, quem percebe estes momentos antes dos outros leva vantagem.

3. Crise é difícil e perigosa. Logo, não dá para não fazer nada

Um dos maiores erros que um empreendedor pode cometer em uma crise é, arrogantemente, achar que “nada mudou” e que a crise não tem impacto sobre o seu negócio. Provavelmente tem. E é importante entender qual é.

Muitas vezes o impacto não é direto, mas vem pela cadeia. É como dirigir na estrada – você tem que estar atento com o que está acontecendo vários carros adiante, se você quer realmente estar seguro. Se você ficar apenas olhando para o para-choque do carro na sua frente, pode ficar muito tarde para reagir…

4. Crise permite uma decisão para sair dela. Logo, tem saída

Em toda crise há uma decisão que pode ser tomada. Se não há uma decisão, não é crise, é uma tragédia. Não estamos falando de tragédias. Para tragédias, existem seguros – e algum dinheiro embaixo do colchão.

5. Cada um vive a crise de forma diferente. Logo, a saída é diferente

A forma como a crise afeta cada um é muito diferente. A minha crise é diferente da sua. Logo, elas podem começar e terminar em momentos diferentes, ser perigosas de formas diferentes e o que temos que fazer para sair dela pode ser MUITO diferente.

Um dos maiores erros que um empreendedor pode cometer em um momento de crise é “andar com a manada”.

6. Crise requer competências de crise

Para ter sucesso na crise e passar por ela de forma saudável, temos que ter algumas competências específicas:

Capacidade Analítica: temos que ser capazes de entender como a crise nos afeta especificamente. Ter atenção e capacidade analítica para entender quando ela vai começar, quanto tempo ela vai durar, entender se está melhorando ou piorando, etc.

Quanto mais formos capazes de antecipar o que vai acontecer, mais cedo poderemos tomar as decisões que nos permitirão sair da crise bem-sucedidos.

Imunidade: temos que ser capazes de ficar imunes ao mau humor que toma conta do ambiente. Há uma certa fala turbulenta e assustadora que alimenta e é alimentada pela mídia (é a oportunidade dela na crise!), mas que, no fundo, pode não fazer nenhum sentido para o nosso setor ou o nosso negócio em especial.

Quanto mais formos capazes de ficar frios e tranquilos, melhores serão nossas análises e nossas decisões. A crise bate mais forte nos covardes!

Agilidade: temos que ser capazes de tomar boas decisões e colocá-las em movimento rápido. A crise tem um tempo. O seu bolso também. Agir no tempo certo é essencial. Agir com inteligência também é essencial.

Só tem uma coisa que não funciona de jeito nenhum na crise – continuar fazendo o que você vinha fazendo antes da crise. Na crise você tem que fazer diferente. Você tem que inovar. Está esperando o que?

Reduza os seus custos, trazendo sua empresa para o EV® Virtual!

http://www.portalev.com.br

Fonte: http://exame.abril.com.br/pme/noticias/6-maneiras-de-lidar-com-a-crise

MAIS UMA PALESTRA DO PROJETO EV EMPREENDE NO DIA 12/08

Por | Sem categoria | Sem comentários
O EV Virtual promoveu na manhã do dia 12/08 mais uma Palestra do Projeto EV Empreende, desta vez em parceria com a Três Pontos Apresentações.
O tema foi “Apresentação Impactante – 15 Conceitos pra Reinventar suas Apresentações”, o palestrante Augusto Frazão, empolgou os participantes ao falar das novas técnicas e metodologias utilizadas para criação de apresentações inovadoras, impactantes e eficientes.
 Venha para o EV Virtual e participe da nossa Rede de Negócios!

 

1º Café com Empreendedoras de Salvador

Por | Blog | Sem comentários

Na última sexta-feira, 7, ocorreu a 1ª° edição do Café com Empreendedoras de Salvador, evento da Rede Mulher Empreendedora em parceria com o Sebrae e a Universidade Católica da Bahia (UCSal). O encontro, que aconteceu no auditório da UCSal, no campus de Pituaçu, proporcionou às empresárias a oportunidade de conhecer outras empreendedoras, aumentar o networking, divulgar a empresa e ainda compartilhar conhecimento e ouvir histórias inspiradoras.

Leia a reportagem completa no Link abaixo:

http://www.ucsal.br/institucional/noticias/1o-cafe-com-empreendedoras-de-salvador

Conheça também em nosso site, a história de sucesso da Sócia fundadora do EV Virtual, Rosana Marques.

Novos Parceiros

Por | Blog | Sem comentários

“Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade.” Raul Seixas

NEW LIFE AMBIENTAL EIRELI-ME

Atividade: Prestação de serviço no ramo de paisagismo.

RENATO MARTINS FERNANDEZ

Atividade: Promoção de Vendas

MARIA VICTORIA BRAZ BORJA RODRIGUES

Atividade: Conciliação

PEDRA E VINAGRE ADVOGADOS ASSOCIADOS

Atividade: Advocacia , Assessoria e Consultoria  Jurídica.

FACTORE E SERVICOS DE FINANCIAMENTO LTDA – ME

Atividade:  Atividade de Cobrança para empresas e informações cadastrais.

JOANA MENDONÇA VILLASBOAS

Atividade: Locação de Veiculo para  Turista Proveniente do Aeroporto (Sem Motorista).