(71) 3340 1881 | 3341 1881 | 3378 2696

Monthly Archives: junho 2016

COMO SOBREVIVER AO SEU PRIMEIRO ANO DE EMPREENDEDORISMO

Por | Blog | Sem comentários

Neil Patel dá dicas de como podemos superar o período mais crítico de um novo empreendimento.

d

A maioria dos empreendedores desiste no primeiro ano.

Por quê? Sendo sincero, é um trabalho difícil, não é apenas brilho e glamour. Você não alcança o estrelato em apenas poucos meses e passa a dirigir uma McLaren, sair com celebridades de Hollywood e mergulhar em notas de cem dólares.

Na verdade, considere-se um sortudo se sobreviver a todo o processo.

Felizmente, existem alguns segredos de como sobreviver. Empreendedores sobrevivem ao perseguir mais do que carros de luxo e toneladas de dinheiro. Ser um empreendedor de sucesso envolve mais do que aprender marketing digital ou conseguir um investidor. Eles perduram ao seguirem estas regras.

Não se desvie do seu objetivo.

Se você não sabe o seu objetivo, não possui um ou não consegue explicá-lo com clareza, pare.

Você vai desistir se não tiver um objetivo. E qual seria um bom objetivo?

Algo no qual você acredita.
Alguma causa maior do que você mesmo.
Algo que beneficie a humanidade.
Alguma coisa que te faça batalhar diariamente.
Algo que possa ser alcançado.
Algo que você pode medir e quantificar.
Anote o seu objetivo. Observe-o todos os dias. Leia-o em voz alta. Isso é o que vai te fazer seguir em frente.

Acredite no que você está fazendo.

Você provavelmente já ouviu falar de pessoas como Elon Musk que dizem preferir morrer do que deixar de realizar os próprios sonhos. Ou talvez você já tenha escutado empreendedores exaltados falarem sobre trabalhar a noite inteira, dormir no escritório e comer apenas fast food por estarem tão empolgados para trabalhar nos seus negócios.

Esses hábitos não são saudáveis, mas eles certamente demonstram o grau de compromisso que um empreendedor precisa ter.

De onde vem esse tipo de comprometimento? É mais do que uma ética de trabalho insana. Ele vem de acreditar em algo com uma fé inabalável. Você já está convencido de sua ideia. Você sabe o certo a se fazer e você fará.

Se você não acredita naquilo que está fazendo, você vai desistir.

Obtenha ajuda.

A maioria das pessoas precisa de um pouco de amor e auxílio em sua jornada. Os empreendedores não são exceção. Encontre uma comunidade que lhe dê apoio, te empurre pra frente, encoraje, alimente e que diga que o seu negócio vai dar certo.

Aprenda a amar o risco.

O risco não vai desaparecer. Ele vai estar à sua espera todos os dias. O verdadeiro risco não está na decisão de começar um negócio. Qualquer um pode fazer isso. O verdadeiro risco está em acumular outros riscos, cada vez maiores, todos os dias que você está em meio aos negócios.

Não é arriscado embarcar num sonho. O arriscado é brincar com os milhões de dólares dos investidores, pôr em risco o trabalho e o ganha pão das pessoas e enfrentar as consequências econômicas e legais de suas ações.

Esteja contente em estar desconfortável.

O desconforto é o seu novo status quo. Seja por preocupações com a saúde, stress ou uma mera inquietação de querer ser bem sucedido, você não se sentirá confortável muito frequentemente.

Não existem atalhos ou macetes para superar o desconforto. Ele é onipresente e inescapável. Você pode, no entanto, se sentir mais à vontade com ele sabendo que isso é um bom sinal. O desconforto prova que você está indo além da sua zona de conforto, fazendo as coisas acontecerem e experimentando um crescimento pessoal.

Tenha uma vida moderada.

Empreendedores precisam ter uma vida modesta antes que eles possam viver com extravagância. Muitos aspirantes a empreendedores já ficaram desabrigados ou trabalharam por um salário mínimo antes de alcançarem o sucesso.

Chirs Gardner teve que viver nas ruas como pai solteiro antes de poder desenvolver o próprio negócio. Alguns empreendedores desafiam uns aos outros a viverem sem carro por pelo menos um ano.

Não deixe que a expectativa de recompensas futuras te enganem e façam você acreditar que pode viver como um rei agora. Você não pode, então não faça isso.

Pausas no cronograma.

Mesmo os empreendedores com a mais férrea das vontades precisam de uma pausa. Se permita um espaço pra respirar de vez em quando. Tenha um comprometimento com essas pausas ou você pode acabar se exaurindo.

Joe Robins escreveu que “Trabalhar sem pausas é um hábito ruim que pode comprometer os seus negócios, a sua saúde e a vida pela qual você deveria estar trabalhando. Você precisa parar, respirar e ter um pouco de descanso. Muitas vezes, as mais importantes descobertas nos negócios ocorrem quando você se afasta completamente deles.

Alimente-se, durma e se exercite.

Se você é um empreendedor, você não tem tempo para fazer nada além de se dedicar ao trabalho. Mas você precisa criar o tempo necessário para comer corretamente, se exercitar um pouco e dormir o suficiente. Essas são as três coisas que te permitirão continuar trabalhando.

O instante no qual você negligencia um desses hábitos saudáveis é o momento em que sua produtividade despenca e você perde em eficiência no seu trabalho. Estar em forma é a chave para ser bem sucedido.

Talvez pareça uma perda de tempo ter que dormir sete horas por dia, ter uma alimentação saudável e correr uns três quilômetros, mas essas “perdas de tempo” são na verdade ganhos de tempo. Elas te dão o vigor, a resistência, a clareza mental e a energia que você precisa para sobreviver e ter sucesso .

Um grupo de 100 empreendedores, ao longo de um ano, vai diminuir até que restem apenas 10. Eles vão desistir. Estarão procurando por um emprego, sonhando com um novo plano ou de volta aos seus antigos cubículos.

Ninguém nunca disse que o empreendedorismo era fácil. Ninguém prometeu o sucesso. Ninguém entrou no mundo do empreendedorismo porque seria um mar de rosas.

Você acha que vai ser diferente pra você? É possível alcançar o sucesso, mas você precisa saber o que vai enfrentar e se preparar para o desafio.

Você sabe o que fazer.

Faça com muitos empreendedores, venha para o EV Virtual! www.portalev.com.br

 

Matéria completa no http://www.jornaldoempreendedor.com.br/destaques/gestao-empreendedorismo/como-sobreviver-ao-seu-primeiro-ano-de-empreendedorismo/